Tintas Sumaré | Fábrica
Fábrica
Fábrica Sumaré
Tintas Sumaré foi o nome escolhido para a fábrica de tintas, que em 1976 iniciava a sua atividade na cidade de Sumaré, próxima a Campinas. A palavra, que significa orquídea terrestre, é de origem indígena, da língua tupi, e refere-se a uma planta da família das orquidáceas (Cyrtopodium punctantum), de folhas longas e lineares, flores amarelas dispostas em amplas e ornamentais inflorescências.

Especializada, desde o princípio, na fabricação de tintas e revestimentos anticorrosivos, a Tintas Sumaré sempre contou com um corpo técnico capaz de formular tintas com tecnologia adaptada às condições brasileiras, além do apoio tecnológico de uma empresa americana de expressão no segmento de tintas de proteção contra a corrosão.

Com a filosofia de trabalho constante em resolver os problemas dos clientes com produtos e serviços que completam a verdadeira parceria entre o fabricante de tintas e o consumidor, em cerca de vinte anos de existência a fábrica conseguiu chegar ao topo do mercado, caracterizada pelo arrojo e pelo pioneirismo nos lançamentos de diversos produtos. E foi justamente esta postura mercadológica que atraiu a atenção da Sherwin-Williams, um dos maiores fabricantes de tintas no mundo.

No Brasil, a gigante norte-americana possuía uma expressiva participação no setor de tintas imobiliárias, porém procurava uma alternativa para o mercado de tintas anticorrosivas, sobre o qual possuía apenas uma pequena fatia, embora fosse líder nesta área nos Estados Unidos. A solução veio com a aquisição da Tintas Sumaré, em fevereiro de 1997.

A transação permitiu que a Sherwin-Williams conquistasse posição de destaque no Brasil também em tintas anticorrosivas, e que as Tintas Sumaré ampliasse seus horizontes, deixando de ser uma empresa familiar com tecnologia licenciada para se tornar um braço importante de uma grande multinacional, com acesso direto à tecnologia de ponta. E, do outro lado, o consumidor passou a ter produtos mais modernos sem perder a excelência da assistência técnica, do centro de treinamento e do serviço de atendimento ao cliente, que continuam a ser pontos fortes da empresa.

Curiosidades:

• Algumas frutas encontradas na SW - Unidade Sumaré: Abiu, Acerola, Açaí, Araçá, Carambola, Coco, Figo, Goiaba, Graviola, Jabuticaba, Jaca, Jambo, Jamelão, Lichia, Limão Galego, Limão Rosa, Limão Taiti, Manga, Mexerica, Pitanga, Poncã e Romã.

• Há um centro de Tratamento de Resíduos, o qual coleta e separa todos os resíduos gerados pela produção e colaboradores, enviando-os para a reciclagem, co-processamento ou aterro sanitário. Exemplos de materiais reciclados: copos, papéis, embalagens usadas, madeiras, resinas, entre outros.

• Todo o solvente usado na limpeza dos tachos de tintas é reciclado em circuito fechado, sendo recuperado em um destilador, que transforma o solvente usado em solvente limpo para ser utilizado na lavagem de mais tachos. No processo a perda de solvente para a atmosfera é praticamente nula.

• A empresa produz tintas ecologicamente corretas, como as de baixo teor de solventes, as à base de água e as livres de solventes.

• Foi uma das pioneiras a lançar tintas livres de metais pesados como chumbo, cromo e cádmo.

• Foi uma das primeiras a lançar tinta epóxi a base de água.

• Adota a coleta de embalagens de tintas usadas, tendo em sua planta uma unidade de manuseio para descarte de suas embalagens vazias e também das que seus clientes retornam.

• Foi a primeira fabricante de tintas a conquistar o ISO 9.001 no nosso país.
Política de PrivacidadeTermos de UtilizaçãoMapa do Site